Nº de acessos

sábado, 5 de setembro de 2015

Polícia apreende quadrilha de menores com mercadorias roubadas






Os quatro adolescente realizaram um assalto na Loja JC Modas em Brejo e ameaçaram matar a funcionária do estabelecimento


Os jovens que assaltaram uma loja de roupas em Brejo da Madre de Deus na manhã desta sexta-feira (04), foram apreendidos pela Polícia Militar quando passavam pelo distrito Poço Fundo em Santa Cruz do Capibaribe.


Avisados do assalto ocorrido em Brejo da Madre de Deus, a PM de Santa Cruz do Capibaribe montou uma blitz na PE-160, e quando os elementos que fugiam em um veículo Doblô de cor cinza escuro avistaram as duas viaturas, entraram na Vila Poço Fundo na tentativa de despistar os policiais. Apavorados, os assaltantes erraram o caminho e foram parar dentro da barragem da localidade que está seca. Eles abandonaram o veículo com a mercadoria roubada e tentaram correr, mas foram alcançados pelos policiais.

O veículo foi levado junto com os adolescentes para a delegacia em Santa Cruz do Capibaribe. Aos policiais eles disseram que jogaram as armas dentro do mato no momento da fuga. Questionados sobre o que fariam com o produto roubado, um deles respondeu que “venderia no bolo”, “na tuia”.

A proprietária da loja compareceu a delegacia e conseguiu recuperar 133 peças de roupas, 6 carteiras e 7 cintos. O celular da funcionária que tinha sido levado pelos menores já estava sem o chip e também foi recuperado. “Somente após uma verificação na loja é que saberemos realmente se toda mercadoria foi mesmo recuperada, existe a possibilidade de eles terem jogaram parte da mercadoria, já que se desfizeram das armas para tentar se livrar”, contou a proprietária da loja.

Além dos quatro envolvidos no assalto serem menores de idade, o que chamou bastante a atenção foi à idade de um deles que tem apenas 14 anos de idade, e de acordo com a dona da loja que acompanhou todo trabalho na delegacia em Santa Cruz do Capibaribe, o veículo Doblô que está com placas da cidade de Água Preta, pertence à avó desse menor.

De acordo com informações da polícia, dois infratores já têm passagens por roubo de motos e porte ilegal de arma.

Ainda de acordo com a polícia, ao saberem que os adolescentes estavam apreendidos na delegacia por terem participado do assalto, familiares de dois deles entraram em desespero por não saberem que os mesmos praticavam crimes. Um casal não quis comparecer a delegacia afirmando que não aprova a conduta do filho e que estariam muito envergonhados.

Após a ouvida os infratores que residem em Santa Cruz do Capibaribe foram encaminhados para a delegacia municipal.


Do Patrulha do Agreste

Nenhum comentário: