Nº de acessos

quarta-feira, 25 de março de 2015

ESCÂNDALO: Ex-secretário de Defesa Social de Santa Cruz é acusada de receber suborno

"Eu entreguei R$ 97,00 a Rodrigue e a Eva e eles liberaram a moto, mas eu não sabia que a moto era roubada" denuncia envolvido.


O caso vem chamando a atenção da região, tudo veio atona após o levantamento do serviço de Inteligência da Polícia Militar, equipe do 24º BPM de Santa Cruz do Capibaribe, as investigações aponta para um possível esquema de corrupção e propina que acontecia no ano de 2012 dentro da da Secretária de Defesa Social do município.

Os policiais chegaram até a Rua Amaro Manoel das Chagas no bairro Bela Vista precisamente na casa de Sérgio Paulo Arruda Gonçalves de 24 anos, no local a polícia encontrou a moto Honda Bross, de cor preta, 150c, e placa PFD-0254 que havia sio roubada no de 2011 na cidade de Coxixola no estado da Paraíba.

Depois de ter sido roubada, a moto foi trazida para santa Cruz do Capibaribe onde chegou a ser apreendida pelo efetivo do Guarda Municipal desta cidade, segundo Sérgio, a moto pertencia a um amigo e foi levada pelos guardas por conta que o condutor estava sem os documentos da mesma, este amigo, pediu a Sérgio para que ele fosse resolver a situação e liberar a moto,  "O meu amigo me procurou e contou a história da apreensão e depois me perguntou se eu conhecia alguém da Guarda, eu falei que conhecia Eva que era comandante da Guarda na época, ai eu falei com Eva e ela mandou eu ir até o SISPOL onde paguei R$ 97,00 e ela e Rodrigues liberaram a moto" denunciou Sérgio durante entrevista concedida ao Patrulha do Agreste.

A polícia militar encaminhou a moto e o envolvido até a delegacia de Santa Cruz onde Sérgio fez os esclarecimentos e foi liberado em seguida, o popular ainda chegou a dizer que outras motos podem ter sido liberadas da mesma forma, "Todo mundo sabia que na naquela época (2012), várias motos foram liberadas dessa forma, eu não sabia que a moto era roubada, eu fui no SISPOL levei cópia de meus documentos, então paguei o dinheiro e eles (o Guarda Municipal Rodrigues que era Secretário municipal de Defesa Social e Eva que estava como comandante, os dois ficaram com os R$ 97,00 e mandaram eu trazer a moto e pediram para que eu não vendesse a moto a ninguém" concluiu Sérgio.

O atual comandante da Guarda Municipal o GCM Martins também concedeu entrevista e afirmou que todas essas denuncias estão sendo apuradas e quem dever irá pagar na justiça, "Sabemos de vários comentários sobre este comportamento que existia na época que essas pessoas estavam a frente da Secretária e da Guarda,  esse cidadão conta com detalhes como tudo aconteceu, vamos apurar e quem dever vai pagar na justiça"  afirmou o Comandante.

Você pode acompanhar as entrevistas de Sérgio e do Comandante Martins no programa Patrulha do Agreste nesta quinta-feira (26), pela Rádio santa Cruz FM (98,5).

Nenhum comentário: