Nº de acessos

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Três pessoas foram presas porque estava com fotos sensuais de uma menor na internet

As prisões aconteceram nesta quinta-feira (09), na cidade de Brejo da Madre de Deus no agreste pernambucano, tudo aconteceu depois que os acusados publicaram e repercutiram imagens sensuais de uma menor de 16 anos, que também reside naquele município.


Informações dão conta que a adolescente teria passado suas fotos e vídeos sensuais para o celular de seu namorado de 19 anos, e alguns dias depois o namoro acabou, e estas imagens foram publicadas nas redes sociais, facebook e whasapp.


A família da menor tomou conhecimento e mão da garota resolveu prestar queixa na Delegacia daquela cidade,


A polícia deu início as investigações e conseguiu chegar até o ex-namorado da vítima, o menor foi intimado para depor e durante o interrogatório o mesmo afirmou que um amigo também menor, teria pego as imagens e repassado para celulares de outras pessoas através de bluetooth, os policiais continuaram as investigações e conseguiram identificar mais cinco pessoas que estariam envolvidas.

O ex-namorado que não teve seu nome revelado, está no Recife ele também será responsabilizado, pois a polícia encontrou mensagens que mostram os indícios do envolvimento do mesmo, a polícia obteve confirmações com os presos de que todos estavam envolvidos. O delegado Antônio Dutra informa que possivelmente solicitará a prisão dele durante as investigações.

Segundo este chefe de polícia, a menina está psicologicamente abalada. "Ela nem quer ir para a escola, vive só em casa. Está de um jeito que olha para alguém e chora, a cidade inteira está comentando. Eles causaram um clima constrangedor tanto dentro da família como fora", contou. O caso ao qual os suspeitos responderão está disposto no artigo 241-A do Estatuto da Criança e do Adolescente.

Pelo menos três dos acusados foram atuados em fragrante e encaminhadas para o Presídio Juiz Plácidas de Souza em Caruaru, Alexandre Cordeiro Tavares de 26 anos, Ellyton Emanuel de Almeida 29 anos, e José Leandro da Silva Santos, de 29 anos, todos residentes na cidade de Brejo da Madre de Deus.

O delegado Dr. Antonio Dutra destacou que, se alguém for pego com essas imagens, ou repercutindo nas redes sociais, ou ainda repassando as mesmas, poderá também ser preso por crimes de injuria e difamação.

Do: Patrulha do Agreste / Foto: Agreste Notícia

Nenhum comentário: