Nº de acessos

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Polícia Federal divulga ações a serem realizadas nas eleições de 2014 no Estado de Pernambuco

A Polícia Federal no Estado de Pernambuco objetivando combater e prevenir a ocorrência de crimes eleitorais no próximo dia 05.10.2014 (domingo) e dar cumprimento as suas atribuições constitucionais de polícia judiciária eleitoral, em parceria, através de ação conjunta com à Justiça Eleitoral e ao Ministério Público Eleitoral.

Bem como assegurar o pleno exercício da cidadania ao eleitor pernambucano, mobilizará este ano 60% de todo o seu efetivo da Superintendência em Recife (região metropolitana) como também das delegacias situadas na cidade de Salgueiro (sertão) e Caruaru (agreste) com vistas a promover a detenção e autuação nas ocorrências que envolvam a prática de crimes eleitorais.

Os trabalhos eleitorais da Polícia Federal serão integrados aos esforços da Justiça Eleitoral e aos demais integrantes do sistema de segurança pública, visando assegurar o equilíbrio nas eleições e a coibição de infrações penais eleitorais.

Para coordenar os trabalhos será instalado o Centro de Controle das Eleições 2014 – Polícia Federal, nas dependências da Coordenação-Geral de Tecnologia da Informação em Brasília, que funcionará do dia 03 a 06 de outubro/2014, nos mesmos moldes do centro de controle da Copa do Mundo.

Ele apoiará os Centros de Controle Regional na solução de eventos críticos e exercerá o monitoramento situacional das atividades da Polícia Federal em todo o território nacional, possibilitando a consolidação de informações gerencias e operacionais de interesse policial.

A atuação da Polícia Federal foi dividida em três fases distintas compreendendo o período pré-eleitoral (02/10/2014 a 04/10/2014) o dia do pleito (05.10.2014) e pós-eleitoral (06.10.2014), sendo assim as atividades iniciarão no dia 02.10.2014 e prosseguirá até o término das votações e conseqüente apuração, extendendo-se até o dia 06.10.2014. 

Dentre as ações que serão executadas estão:

Realização de diligências, investigações e policiamento móvel ostensivo e descaracterizado visando coibir ocorrências de crimes eleitorais, especialmente, a compra de voto em locais onde exista concentração de pessoas em conformidade com informações repassadas pela Justiça e Ministério Público Eleitorais;

Reforço nos principais pontos onde existe a maior incidência de ilícitos eleitorais; 
Plantão permanente de 24 horas que atuará nas prisões que tenham sido realizadas por policiais rodoviários, militares e civis;

Dar apoio e cumprir as determinações emanadas dos senhores juízes eleitorais.

    Do: Patrulha do Agreste



    Nenhum comentário: