Nº de acessos

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Vereador de Santa Cruz e levado durante assalto

"Passei por momentos de terro afirmou o vereador"


A insegurança na região fez mais vítimas, que foram alvos de um sequestro relâmpago seguido de um assalto. O fato aconteceu na noite de quarta-feira (20) na rodovia PE-160, próximo a cidade de Jataúba.

De acordo com as informações, o vereador santa-cruzense Carlinhos da Cohab (PSL), juntamente com um amigo (Didi Aleixo), se dirigiram ao município para realizar compras de mercadorias e, quando regressavam em direção a Santa Cruz, fizeram uma pausa na pista para urinar.

Foi nesse momento que os ocupantes da caminhonete foram rendidos por cinco criminosos armados (e encapuzados) que chegaram em outro carro, sendo quatro homens e uma mulher. Em seguida, todos seguiram sentido a Santa Cruz e entraram em uma estrada de terra mais adiante.

Após isso, todos regressaram sentido Jataúba e depois se deslocaram para Brejo da Madre de Deus, onde o veículo antes ocupado por Didi Aleixo e o vereador deu sinais de que faltaria combustível. Os bandidos então colocaram as vítimas no outro veículo e seguiram a Brejo para abastecer a caminhonete.

Então, todos foram levados até uma estrada de terra próxima ao povoado de Barra de Farias (zona rural de Brejo da Madre de Deus) e, assim que foram retirados do veículo, os bandidos, de acordo com o relato do vereador, disseram para que as vítimas se sentassem e que, dentro de uma hora, outros criminosos viriam busca-los e os ameaçaram para que não saíssem do local.

Após o grupo ter ido embora, tanto Didi como Carlinhos correram em meio ao mato, até que conseguiram chegar à casa de pessoas conhecidas e solicitar por ajuda. Um relato que chamou a atenção foi à afirmação de que a quadrilha iria sequestrar outra pessoa, mas que erraram e acabaram sequestrando o vereador e seu amigo. Carlinhos ainda chegou a levar uma coronhada na cabeça.

As vítimas tiveram além do carro de Didi Aleixo (uma pick-up Amarok, de cor branca), outros pertences roubados como celulares, cheques, dinheiro e documentos. O caso parou na delegacia de Santa Cruz do Capibaribe.



Do  Patrulha do Agreste /fonte:  Blog do Ney Lima

Nenhum comentário: