Nº de acessos

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Defesa Civil de Santa Cruz desliga fio na PE-160

 Equipe Defesa Civil e Bombeiros Civis foram até o local e localizaram o "vazamento" de corrente elétrica e resolveram o problema.
O situação foi nas proximidades da ponta nova na PE-160
Junior Eletricista fez a busca e encontrou o fio que causava risco a população
A ação durou mais de três horas
 O fio estava com mais de 220 wolts de energia, e foi desligado imediatamente
 Em outro ponto foi encontrado outro na mesma situação, este também foi desligado e retirado.
Elemento podem ter roubado os fios e provocaram esta situação
Um dos cabos estava na ponte onde passa milhares de pessoas diariamente
Fio retirado e situação resolvida

Na noite desta terça-feira (28), a equipe da Defesa Civil de Santa Cruz do Capibaribe foi acionada por um popular por conta de um fio que estava "vazando" corrente elétrica, segundo o informações a situação foi na PE - 160 no trecho da Avenida Braz de Lira próximo a "ponte nova" na principal entrada da cidade.

Ao Chegar ao local, o Coordenador Municipal de Defesa Civil Bartôl Neves constatou a veracidade do fato e de imediato solicitou o apoio dos Bombeiros Civis de nossa cidade, "Quando cheguei aqui perceber que realmente existia um fio que foi cortado e deixado com energia colocando em risco as pessoas que passam por aqui" afirmou Bartôl.

O trabalho de desligamento e retirada do fio durou cerca de três horas onde pelo menos quatro pessoas participaram da ação, "Chamei os companheiros Celso, Eliel e Junior Lino que é eletricista profissional e fez os procedimentos sempre e estão juntos da Defesa Civil, " concluiu o Coordenador.Bombeiros 

A possibilidade da situação ter sido provocada por ladrões que roubaram parte de rede elétrica, "Essa não é  a primeira vez que elementos roubam fios naquele local, eu já trabalhei dando assistência na iluminação pública da cidade e é comum, dessa vez o fio estava "vazando" corrente e esquentou chegando a provocar faíscas queimando a parte de plástico que cobre  o fio e isso causa um risco grande choque já que comprovamos que o fio estava com uma voltagem de 220 naquele momento" declarou o Bombeiro Civil Junior.


Do Patrulha do Agreste


Nenhum comentário: