Nº de acessos

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Ypiranga perde de 1 a 0 contra o America - PE


















Dois personagens pra lá de conhecidos da torcida pernambucana incrementaram a vitória do  América-PE sobre o Ypiranga-PE, por 1 a 0, na tarde deste domingo, nos Aflitos, em partida válida pela 11ª rodada do estadual. Em campo, as voltas de Rosembrick, representando as cores alviazulinas, e de Carlinhos Bala, defendendo o time Esmeraldino. 
Com o status de "Rei de Pernambuco" - intitulado por ele mesmo por ter passado nos três grandes do estado -, Bala já entrou em campo como capitão, mostrando que chamar a responsabilidade ainda faz parte da carreira do baixinho. Do outro lado, Rosembrick não ficou por baixo. Apesar de não começar a partida com a faixa no braço, o camisa 10 da Máquina de Costura comandou a equipe dentro das quatro linhas, mostrando também espírito de liderança.

Rei de Pernambuco x Mago da Bola
O confronto começou com todos os olhares voltados para Bala e Rosembrick, assim como os times, que jogavam em função dos protagonistas do jogo. Jogando como mandante, o América-PE foi para cima dos visitantes e, em algumas oportunidades, Carlinhos Bala apareceu assustando a meta do goleiro Elias, com chutes de fora da área, além de entradas ofensivas entre a defesa do Ypiranga-PE.
Acuada, a Máquina de Costura buscou pouco o gol na primeira etapa. Rosembrick chegou em alguns momentos, tentando esboçar uma reação, mas não foi o suficiente para furar o bloqueio da zaga do Mequinha.

Bala leva a melhor
Se no primeiro tempo as equipes não conseguiram empolgar os 962 torcedores presentes no Estádio dos Aflitos, na etapa complementar o jogo foi bem diferente. Os times voltaram do intervalo mais ligados e sempre criando uma oportunidade atrás da outra. 
Rosembrick comandou o meio-campo e, com ajuda de seus companheiros, sempre levava perigo ao gol do time Esmeraldino. Mas, apesar das várias chances criadas pelo alviazulino, nada de gols para o time de Santa Cruz do Capibaribe. 
Do outro lado, Carlinhos Bala parecia que havia acabado de entrar no jogo. Com muita disposição e raça, bem ao estilo do jogador, Bala realizou pelo menos cinco finalizações, assustando a todo momento a defesa do Ypiranga-PE. 
E, em uma jogada sem muitas pretensões, feita pelo baixinho, surgiu a grande oportunidade do confronto. O árbitro marcou marcou pênalti para o América-PE. Com a bola nas mãos e, com chance na marca da cal, ele ajeitou com carinho e não desperdiçou. Fazendo o gol alviverde em sua reestreia, após rebote do arqueiro da Máquina de Costura, dando números finais a partida. Após o último apito do juiz, Bala relembrou os velhos tempos. Aproveitou os microfones e cutucou o goleiro Elias.
- Ele não disse que ia pegar a bola?! Manda ele pegar no fundo das redes.

Por: Globo Esporte
Fotos: Eduardo Alves/GE

Nenhum comentário: