Nº de acessos

domingo, 19 de abril de 2015

Pernambuco 244 Milhões mais pobre

Em assembleia realizada nesta manha, 18/04, na sede do Sindicato dos Transportadores Autônomos e Micro empresas de Veículos Congêneres do Estado de Pernambuco – SINTRAVE/PE, em Goiana, os carreteiros cegonheiros filiados recusaram a proposta apresentada pelo presidente da SADA, Vittório Medioli, em reunião realizada em Brasília, na última quinta-feira, 17/04.

Na ocasião, a SADA ofereceu ao Sindicato a participação de 10 caminhões no transporte dos carros produzidos pela fábrica da FIAT em Goiana. Luciano Pontes, vice-presidente do SINTRAVE-PE, diz que “nós não queremos um numero fixo, pleiteamos um percentual porque a produção tende a aumentar e o numero de caminhões também”.

A não participação dos 130 carreteiros cegonheiros filiados ao - SINTRAVE-PE - deixará de incrementar, na economia de Pernambuco, um valor estimado em R$ 244 milhões de reais/ano, de acordo com levantamento feito pelo departamento sócio econômico do Sindicato.

Esses números são os previstos para o inicio das operações no transportes produzidos pela fábrica da FIAT em Goiana”, afirma Kesio Alexandre de Lacerda Silva, diretor financeiro do SINTRAVE/PE.

A causa do SINTRAVE /PE não é só da classe, mas sim de toda a sociedade de Pernambuco, pois representa um incremento de recursos bastante significativo na economia do Estado” destaca o presidente do SINTRAVE/PE, José Milton de Freitas.


ESTIMATIVA DA PARTICIPAÇÃO INCIAL DO SINTRAVE/PE NA ECONOMIA DE PERNAMBUCO


Quantidade
Valor/Mês
R$
Valor/Ano
RS
Caminhão/
Equipamentos
130
470.000
61.100.000
Seguro
130
500.000
6.000.000
Diesel
7.800.000 L
1.833.000
22.000.000
ARLA/aditivo
624.000 L
156.000
1.872.000
Pneus(2 jogos 18 pneus/ano
4.680 unidades
661.050
7.932.600
Manutenção preventiva-
2 x ano
260
250.000
3.000.000
Faturamento
(R$ 80.000,00)
130

10.400.000
124.800.000
IPVA/Licenciamento (3,65% valor do bem R$ 16.500,00)
130
178.750
2.145.000
ICMS(12,48% - simples)
130
1.291.680
15.500.160
TOTAL


244.349.760






Do Patrulha do Agreste Fonte : Assessoria

Nenhum comentário: