Nº de acessos

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Dr. Edson não recebe professores e protesto continua






Em mais um dia de protesto os professores da rede pública de ensino do município de Brejo da Madre de Deus seguiram até o distrito de São Domingos, nesta sexta-feira (15), o educadores seguiram pelas ruas do distrito discursando e explicando a população os principais problemas enfrentados pelo os professores e alunos que segundo o Sindicato muitos estão em condições desumanas, "Hoje estamos enfrentado muitos problemas que só serão resolvidos se de fato o prefeito e secretário tiver sensibilidade e não é isso que está acontecendo, as escolas praticamente inexistem, os filhos de vocês estão em depósitos de crianças" desabafou a professora Luciene.

Os professores fizeram uma "parada de advertência" e na quinta-feira (14), realizaram um protesto igual na sede do município onde também tiveram grande apoio da população que estão revoltados com o descaso que está sendo tratado o município, em especial a Educação. Os educadores fazem várias reivindicações entres elas o reajuste salarial com o pagamento dos retroativos, enquadramento referente ao período de 2009 até o dia de hoje, enquadramento dos professores aposentados com o retroativo referente à diferença do reajuste salarial do ano de 2015, conclusões das reformas nas escolas entre outras, "Essas escolas que estão em reforma não tem condições de funcionar, sem ventilador, sem ar-condicionado, não tem banheiros, existe apenas um banheiro para quase 600 alunos, não tem condições de ensinar" relatou a professora.

A maior reclamação dos professores é que o prefeito demostra toda falta de respeito coma categoria pois não a recebe e trata a todos com indiferença quando manda resposta através de ofícios da Secretaria Educação, os educadores pediram o apoio da população e orientaram que todos tomassem conhecimento da situação caótica que o município está vivendo, “Pedimos aos pais de alunos que visitem suas escolas, observem. Não deixem que seus filhos fiquem em lugares que mais parecem depósitos de alunos. Infelizmente o que vemos é um prefeito que não está nem aí com a categoria de professores e com a educação” – disse.

durante os dois dias de protestos os professores fizeram distribuição de panfletos que mostram as dificuldades enfrentadas pela categoria em todo município, Fazenda Nova, São Domingos e na Sede, clic na imagem o confira:

A categoria informou que as aulas retomam na próxima segunda-feira (18), mas não irão desistir de seus direitos e vão continuar lutando.



Do Patrulha do Agreste

Nenhum comentário: