Nº de acessos

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Prefeito interino de Bayeux na PB é flagrado pedindo propina



Um vídeo divulgado nesta terça-feira (24) mostra Luiz Antônio Alvino (PSDB), atual prefeito interino de Bayeux, cidade na Grande João Pessoa, pedindo suposta propina a um empresário da cidade. O vídeo, feito na sala do empresário, está sob a posse do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), que investiga o caso.

Conforme data registrada no vídeo, a gravação foi feita no dia 4 de julho deste ano, um dia antes do então prefeito Berg Lima ser preso. Em nota, o Gaeco informou que as informações apresentadas no vídeo são alvo de uma investigação há mais de um mês.

O advogado Fábio Andrade, que representa o prefeito interino Luiz Antônio, negou que tenha havido pedido de propina, afirmou que o vídeo foi editado para divulgação e que o gestor só vai se pronunciar após ter acesso ao arquivo na íntegra.

"O prefeito Luiz Antônio não tem nada a ver com a prisão de Berg Lima, essa ilação é completamente despropositada. Essa conversa foi uma especulação feita entre duas pessoas que conversavam sobre a política de Bayeux, uma conversa absolutamente normal na política. Se falou que o prefeito poderia ser afastado, porque em Bayeux todo mundo já sabia que o prefeito vinha sendo investigado por irregularidades e perguntado sobre isso o Luiz Antônio se manifestou. Poderia ser que ele (Berg Lima) fosse cassado, fosse afastado, e naturalmente quem iria assumir era Luiz Antônio", disse o advogado.

O presidente da Câmara de Vereadores de Bayeux, Mauri Batista (Livres), informou que não vai se pronunciar sobre o caso sem antes conversar com os demais vereadores. Uma reunião extraordinária foi convocada na casa legislativa para debater o conteúdo do vídeo e os procedimentos da câmara a partir da denúncia.

No vídeo obtido pela TV Cabo Branco, o prefeito de Bayeux comenta com o empresário que é preciso muito dinheiro por parte dos gestores públicos para pagar a imprensa para publicação de matérias do interesse dele. Ele cita que gastaria somente em Bayeux, com os portais da cidade, cerca de R$ 16 mil para publicação de matérias, e que tinha R$ 100 mil no carro para pagar "o 'caba' da fita".


Acesse o link e assista o vídeo.

https://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/video-mostra-prefeito-interino-de-bayeux-pb-pedindo-suposta-propina-a-empresario.ghtml




Do Patrulha do Agreste/ Fonte: G1

Nenhum comentário: