Nº de acessos

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

BOMBA! Empresário de Brejo desmente apoio a Rubinho Nunes

Rubinho Nunes em busca de montar uma 3ª Via, tem apoio negado em Brejo.


Após uma matéria veiculada em alguns blog`s da cidade de Brejo da Madre de Deus e região, um empresário daquele município vem desmentir a informação através de uma nota divulgada em seu face book. O assunto está ganhando repercussão depois que Célio Oliveira (Boião), recebeu um grupo de pessoas durante este último fim de semana em uma chácara onde viveram momentos de lazer, no dia seguinte o empresário foi pego de surpresa com a matéria afirmando que ele teria declarado apoio político a Rubinho Nunes. Célio que é pessoa muito conhecida naquela cidade, de imediato tratou de desmentir a informação e negou que tenha feito tal informação confira a nota, “Venho por meio desta via de comunicação deixar clara uma declaração de um determinado blog em que minha pessoa (Baião), tinha declarado apoio ao então empresário Rubinho, quero deixar claro que sempre estou na chácara Campos, costumo tirar várias fotos e postar, na ocasião o proprietário do Blog pediu para tirar umas fotos mas em nenhum momento foi falado de estar ou não declarando apoio ao empresário (Rubinho), até porque na ocasião pouco se falou em política...” diz trecho da nota de Célio.

Clic na imagem e confira a nota


Rubinho Nunes não contestou a matéria demostrando sua atitude vergonhosa de tentar se favorecer politicamente, o mesmo vem andando no Brejo da Madre de Deus nos últimos meses em busca de apoio político e tentando crescer sua popularidade em busca de implantar uma “terceira via”. Depois de ser rejeitado pelo seu maior aliado o ex-prefeito de Brejo Dr. Edson, Rubinho parece que perdeu o “rumo” e vem “atirando” pra todos os lados. 

Dr. Edson e seu grupo rejeitou Rubinho que agora tenta criar uma 3ª Via no Brejo.


O antigo grupo político de Rubinho (os bocas-pretas), desprezou o mesmo em 2016 quando ele acreditava que seria escolhido por Dr. Edson para ser o candidato a prefeito da situação naquele ano, com a rejeição ele ficou sozinho e hoje tentar criar seu próprio grupo.

O que mais chama atenção em toda essa situação, é que existe uma espécie de “forçassão de barra” na tentativa fazer a população criar simpatia por uma pessoa que não tem história na política da cidade e quer mostrar a força de seu dinheiro, o povo sabe quem tem história, resta aguardar os novos acontecimentos.




Do Patrulha do Agreste 

Nenhum comentário: