Nº de acessos

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Popular é assassinado dentro de cemitério

 A vítima pode ter ido ao cemitério junto com os assassinos para usar drogas
Neguinho ainda tentou fugir, mas não conseguiu.
A vítima foi atingida na cabeça e morreu no local.
Durante a perícia a polícia encontrou um papelote de maconha próximo ao corpo.
Neguinho havia sido preso suspeito de praticar assaltos em 2015.


A violência não dar trégua em Santa Cruz do Capibaribe, menso de duas horas depois de registrar um homicídio, a capital da moda foi palco de mais um crime de morte. A vítima foi Gleydson Lacerda de Menezes “Neguinho da Borracharia” de 20 anos, segundo informações o mesmo foi assassinado dentro do Cemitério Municipal São Judas Tadeu "Cemitério Velho" no bairro São Cristóvão. Neguinho que também era ex-presidiário, a polícia acredita que a vítima estaria dentro cemitérios fazendo uso de drogas, e provavelmente seus comparsa teriam lhe executado já que próximo ao corpo foi encontrada uma porção de maconha.

O homicídio foi o segundo na noite deste quarta-feira (26), e chamou muito a atenção da população pois menos de duas horas antes teria acontecido outro crime de morte na cidade, o cemitério onde Neguinho foi assassinado, é um local visitado anoite por usuários de drogas.

A vítima foi atingida com vários disparos de arma de fogo que atingiram na cabeça e nas costas, o efetivo da Guarda Civil Municipal esteve no local e fez o isolamento da área até a chegada da polícia que esteve presente e realizou os procedimentos e encaminhou o corpo para o IML da cidade de Recife. Neguinho já havia sido preso no ano de 2015 suspeito da prática de assaltos, na oportunidade o mesmo estava com um simulacro (arma de plástico).



Do Patrulha do Agreste /fotos: 01 e 04 do agreste notícia

Nenhum comentário: