Nº de acessos

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Vereador eleito Irmão Val visita o Patrulha do Agreste

Bartol Neves (a esquerda) sabatina vereador eleito – Foto: Thonny Hill



Na tarde desta terça-feira (11) o programa Patrulha do Agreste recebeu, nos estúdios da Polo FM, mais um dos vereadores eleitos em Santa Cruz.

Desta vez, o entrevistado por Bartol Neves foi o situacionista Irmão Val (SD), que obteve 1091 votos, ficando em 14º colocado no geral.

.
Aumento no número de votos em relação a tentativa frustrada de 2012

Questionado sobre esse ponto, o vereador eleito pontuou o motivo que, segundo ele, fez o mesmo sair de 742 votos (ficando na 2ª suplência da chapinha à época) para o número atual.

“O segredo foi a revelação do trabalho, da nossa presença junto com o povo, com as entidades, com a sociedade, cooperando com o Governo Vieira e participando ativamente nos quatro anos de seu mandato” – disse..
Perdas e ganhos com a nova Câmara e inexperiência do primeiro mandato

Questionado sobre quais as expectativas que o mesmo teria com a nova composição da Câmara a partir de janeiro de 2017, ele foi enfático.

“Perdemos nomes que foram destaques em outros mandatos a exemplos de Afrânio Marques (PDT) e Zezin Buxin (PSDB), a própria vereadora Narah (PSB) e Luciano Bezerra (Rede), um grande parlamentar que admiro muito; mas estamos chegando. Temos uma equipe boa, que será apresentada a partir de 1º de janeiro e espero que eu, com os mais oito novatos que chegaram, possamos fazer um trabalho diferenciado juntamente com os reeleitos. Podemos pegar experiência naquilo que for necessário, tirar proveito do que é bom e o que não presta, deixamos de lado e fazemos a nossa parte” – pontuou..
Postura na Câmara

Questionado sobre como seria sua postura na Câmara já que, por fazer parte do segmento evangélico, tido como postura conservadora no cenário nacional, o mesmo disse que manterá o mesmo posicionamento que tem com seu público.

“Estamos para abençoar o povo e não estar criando problemáticas quanto a religião. Minha fé continua, mas meu trabalho como homem público permanecerá para todos” – e brincou: “Não serei vereador de quatro paredes e ar condicionado, até porque sou alérgico. Estarei nas casas, nos bairros e nas ruas buscando soluções para Santa Cruz” – concluiu.



Do Patrulha do Agreste /  fonte: blog do ney lima

Nenhum comentário: