Nº de acessos

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Quadrilha de Caruaru é presa assaltando em Tamandaré


Duas mulheres e cinco homens foram levados para a delegacia
A polícia não informou se o Corola era produto de roubo
Armas, munições, celulares, relógios e dinheiro foram apreendidos com a quadrilha


O Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI), conseguiu prender na tarde de terça-feira (09), elementos acusados de praticarem assaltos nas cidades do litoral de Pernambuco, a quadrilha formada por quatro homens e duas mulheres foi presa em Tamandaré onde várias pessoas foram vítimas dos criminosos.

O efetivo do BEPI vinha monitorando os assaltantes e descobriram que o grupo é da cidade de Caruaru no Agreste do estado. A quadrilha teria praticado vários assaltos que estava deixando a população em pênico naquela região nos últimas dias.

Os policiais receberam denúncia que parte do bando estava em um veículo Corolla de cor prata e placas OYX – 3412, de imediato o efetivo saiu em busca dos criminosos e conseguiu localizar e prender os mesmos, foram evados para a delegacia, Ana Paula Oliveira da Silva de idade não informada, Letícia de Couto Silva também de idade não informada; Saneilson Ferreira de Brito de 28 anos, Carlos Henrique de Souza Santos de 22 anos, Matheus Oliveira de Couto de idade não informada, e os ex-presidiários Wallyson Breno Gomes e Jailson Carlos de Queiroz 24 anos, todos estavam passando o Carnaval na cidade onde alugaram uma casa para servir de ponto de apoio.

Com os elementos a polícia encontrou um verdadeiro arsenal além de vários produtos que foram roubados pelo bando, foram apreendidos, duas pistolas com 43 munições e três carregadores, um revólver c.38 com seis munições, foram apreendidos ainda, quatro aparelhos celulares, seis relógios de pulso, além de R$ 4.073,00 (quatro mil e setenta e três reais) e US$ 57,00 (cinquenta e sete dólares) em espécie que a polícia acredita ter sido roubado das vítimas.

Na delegacia ficou esclarecido que Saneilson e Carlos Henrique estavam com as armas e foram indiciados por porte ilegal, já Wallyson e Jailson, foram enquadrados por associação criminosa sendo esses quatro encaminhados ao presídio da cidade de Palmares, enquanto que Ana Paula Oliveira, Letícia de Couto e Matheus Oliveira de Couto foram liberados após serem ouvidos pelo delegado responsável.



Do Patrulha do Agreste

Nenhum comentário: