Nº de acessos

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Popular mata esposa depois comete suicídio



O cobrador do transporte complementar de passageiros, Carlos Cícero dos Santos, 30 anos, conhecido como “Carlinhos”, matou a ex-esposa, a camareira Erenice Berenice dos Santos Leandro, 24, com três tiros e, em seguida, se suicidou com um disparo de revólver na cabeça.

O crime aconteceu às 6h15 deste domingo (30) em Burgalhau, Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas, em frente a um hotel onde a mulher trabalhava.

Berenice chegou a Burgalhau e se preparava para ingressar na empresa. Ela estava acompanhada de dois colegas de trabalho: um homem e uma mulher. Carlinhos já a aguardava com a arma na cintura e um rancor que lhe tomava por inteiro.

O homem chamou a ex-esposa para conversar e quando ela se aproximou, efetuou os disparos.

“Ele ainda gritou para a amiga da vítima, que também é camareira. Disse: ‘Veja o que vou fazer com ela’, e atirou.

Em seguida, deitou do lado da mulher e atirou na própria cabeça. Morreram abraçados”, descreveu o agente de Polícia Civil, Erick Samir, que colheu as primeiras informações acerca do crime.
O casal havia se separado há um mês e uma semana. Segundo a Polícia Civil e familiares, Carlinhos não se conformava com o fim do relacionamento com Berenice com quem tinha uma filha de oito anos de idade. Ele passou a ameaçar a ex-companheira de quem era primo legítimo.

“Os dois foram criados praticamente juntos e se apaixonaram, mas o amor dela por ele acabou, motivo de sua revolta”, comentou o agente de Polícia Civil.

Erick comunicou o caso à 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil (8ª DRPC) que acionou os Instituto de Criminalística (IC) e de Medicina Legal (IML).

A camareira, colega de trabalho de Berenice, foi intimada a prestar depoimento. O outro funcionário do hotel que estava no local do crime não foi localizado. Ele teria fugido, assustado.



Do  Patrulha do Agreste  /fonte:  gazeta web maragogi



Nenhum comentário: